• Elaine Aliaga

Rotina de limpeza das roupas: quem é mesmo o dono de quem?

A pergunta que não quer calar: suas roupas precisam mesmo de tantos cuidados no processo de lavagem? A minha conclusão é não, elas não precisam demandar tantos cuidados e, por consequência, tempo.

Estamos vivendo momentos de isolamento social por conta do coronavírus COVID-19, isso fez com que muitas pessoas dispensassem suas faxineiras para evitar contágio. Além disso, aqueles que podem estão trabalhando em regime de home office e, com as escolas fechadas, também assumiram o cuidado integral das crianças e adolescentes.

Este é o momento perfeito para repensarmos diversas coisas na vida e na rotina, e uma delas é o cuidado com a casa e, mais especificamente o que trataremos aqui, as roupas.

Aqui em casa já houve tempo em que eu só lavava roupa uma vez por semana. Com a chegada da minha pequena a realidade mudou e, atualmente, lavo a cada 5 dias, no máximo.

Ao realizar uma breve busca na internet pedindo informações sobre como lavar roupa você perceberá que todos, principalmente os sites de marcas dos produtos utilizados para a higiene das roupas, orientarão a separar pretas, coloridas e brancas no processo de lavagem.

Já segui tais conselhos e passei praticamente o dia todo lavando roupa, mesmo sendo uma quantidade relativamente pequena (equivalente a uma máquina de 15 kg cheia). O resultado é que, ao seguir os ciclos indicados para cada tipo de roupa, a máquina leva um tempo grande para realizar todo o ciclo.

Achei pouco produtivo todo esse processo e fui tentando adaptar. Assim, comecei a separar as peças como coloridas escuras e coloridas claras ou brancas, e a utilizar um ciclo único (no caso da minha máquina: Normal) em ambos os casos. Com esse procedimento eu passei a economizar sabão e água, além do meu precioso tempo.

É claro que neste ciclo a roupa não pode estar encardida ou com alguma mancha de gordura, por exemplo, porque o tempo de molho é curto e a sujeira não irá sair. No entanto, ao misturar as diversas cores, o risco de uma peça manchar a outra aumenta gradativamente de acordo com o tempo de molho.

Assim, meu procedimento padrão de lavagem inclui um tempo de molho e um cuidado pré-lavagem que compensa o tempo gasto com a máquina durante o processo de um ciclo específico. Faço assim: no dia anterior ao que desejo fazer a lavagem eu já deixo separadas as roupas dentro do cesto e da máquina de acordo com o processo de separação de cores claras e fortes/escuras. Já coloco em saquinhos protetores os itens que são mais delicados (sutiã, tecidos finos, bordados etc) e os que soltam pelinhos (como meias, por exemplo), verifico se tem alguma sujeira mais pesada e viro as peças do avesso uma a uma. O que estiver com mancha ou precisar de uma pré-lavagem com mais cuidados eu coloco de molho com um produto alvejante (eu uso o Vanish) e sabão líquido (só uso sabão líquido aqui em casa porque dá melhor aproveitamento e dilui melhor). No dia seguinte é só dar uma esfregadinha e colocar na máquina.

Acontece que nesta quarentena de isolamento social no qual o coronavírus nos colocou, até este processo precisou ser otimizado. Então, sem nenhuma culpa ou constrangimento, agora eu simplesmente pulo a etapa da separação de cores, coloco tudo na máquina junto e misturado, sem preconceito de cor. E funciona também!

Logicamente, aquelas peças que soltam tinta só de você olhar para elas eu não misturo não. Mas, bem da verdade, eu quase não tenho peças assim. Apenas uma única calça jeans que eu tenho solta muita tinta, só que ela é mesmo a única calça jeans que eu tenho.

Eu não utilizo jeans, não acho que seja um tecido confortável e o que mais prezo no estilo de vestir é conforto.

A chave para se ter praticidade nos cuidados com a roupa é escolher bem as peças que você vai ter no seu armário. Já deixei peças lindas na loja porque achei que dariam muito trabalho na lavagem... Roupas absurdamente caras então, nem pensar. Jamais vou ficar lavando peças delicadas na mão com dó de colocar na máquina com risco de danificar e me arrepender por ter gastado tanto dinheiro.

As roupas devem servir a mim e não o contrário.

Acho que já deu para notar que, da forma como lido com as roupas, buscando praticidade e facilidade no cuidado, é bem difícil me imaginar com um ferro passando as peças, né? Pois é, há muitos anos eu não passo roupas. Exceto as camisas e calças sociais do meu marido (atualmente ele raramente usa), que eu mando para a lavanderia.

E todo mundo me pergunta se as roupas não ficam amassadas. Não, elas não ficam. Assim que termina o processo de centrifugação da máquina eu pego as peças, desviro do avesso, sacudo, penduro no varal as calças, bermudas, meias, calcinhas/cuecas e sutiãs e penduro em cabides nas araras as camisetas, macacões da bebê e vestidos. Secou eu já retiro do varal e do cabide, estico bem cada peça sobre minha bancada, dobro e guardo.



O segredo consiste em nunca deixar as roupas na máquina depois que concluir a centrifugação, senão as roupas vão secando amarrotadas e aí não tem mesmo como ficarem sem passar. Agora, se precisar passar uma peça ou outra, minha sugestão é o vaporizador de roupas, que é uma bênção na vida das pessoas. Tipo aqueles utilizados em lojas de roupas, sabe? Eu já ouvi várias pessoas dizerem que não funciona, mas o meu é da Electrolux e é bastante potente e eficaz.



Esse vaporizador também ajuda muito quando você precisa sair e seu vestido, encharpe ou peça mais delicada está cheio de dobrinhas de guardado. Além da praticidade, com o vapor, a chance de danificar os tecidos mais finos com este tipo de ferro é nula.

Enfim, minha rotina atual de bater uma máquina só com todas as cores de roupas está sendo tão produtiva, que acho que vou mantê-la mesmo quando o ritmo de vida retornar ao normal, pois a economia de tempo, água e produtos está valendo a pena. O cuidado especial vai ser apenas com o uniforme da minha filha que sempre volta muito encardido e é branco...

Por que, meu Deus, fazem uniformes escolares brancos?

Para manchas difíceis de uniforme de criança, eu tenho uma dica muito especial que conto em outra publicação... Por aqui fica a minha rotina, cada vez mais prática, de higiene das roupas.


E você, como faz sua rotina de lavagem das roupas?

14 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • E-mail